quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Britain plots bombing of Isis in Libya

Britain plots bombing of Isis in Libya


A TEAM of British military and intelligence officers last week undertook a secret reconnaissance mission to Libya to plan RAF airstrikes against Isis militants in the strife-torn north African state.
Six RAF officers flew to an airbase in eastern Libya, controlled by pro-western militia forces, along with a group of MI6 operatives, diplomats from the Foreign and Commonwealth Office and US and French military personnel.
Their mission, near the coastal city of Tobruk, was to build up intelligence on the location of Isis fighters and draw up potential targets for possible British and coalition airstrikes.
Plans for military action against Isis in Libya have stepped up amid fears that the terrorist group, which controls a long stretch of coastline around the city of Sirte, is preparing to shift its headquarters from Syria to north Africa and threaten the Mediterranean.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Ataque terrorista caças lançaram bombas

Estado Islâmico ameaça EUA e outros países de ataques terroristas

Países que participam de bombardeios na Síria são alvo do grupo




O grupo terrorista Estado Islâmico divulgou um novo vídeo no qual diz que os países que participam dos bombardeios aéreos na Síria terão o mesmo destino que a França, alvo de ataques que deixaram 129 mortos e mais de 350 feridos.O grupo também ameaçou realizar um ataque em Washington, a capital dos Estados Unidos.A mensagem às nações envolvidas no que chamou de “campanha de cruzada” foi feita por um homem vestido com uniforme militar e um turbante, identificado nas legendas como "Al Ghareeb, O Argelino"."Dizemos aos Estados que participaram na campanha de cruzada que, por Deus, vocês terão um dia a vontade de Deus, como a França, e por Deus, como atingimos a França em seu centro em Paris, então juramos que vamos atingir a América em seu centro, em Washington", disse um homem no vídeo.  Não foi possível verificar de imediato a autenticidade do vídeo, que afirma ser obra de combatentes do Estado Islâmico na província iraquiana de Salahuddine, ao norte de Bagdá.Unidos destruiu 116 caminhões-tanque usados pelo grupo Estado Islâmico no leste da Síria, afirmou o Pentágono.O Ministério da Defesa da França informou que 10 caças lançaram 20 bombas no domingo à noite na região norte da Síria, destruindo um posto de comando e um campo de treinamento do EI. O grupo terrorista, no entanto, disse que foram atingidos lugares vazios O primeiro-ministro francês Manuel Valls afirmou que novos atentados são planejados contra a França e outros países europeus.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Teoria da evolução é uma religião?

      Escritor cristão move ação para que teoria da evolução seja declarada como uma religião


Um pai, contrariado com o ensino da teoria da evolução à sua filha, resolveu mover um processo contra a “política da evolução”.
Em seu processo, o homem considera que a teoria da evolução tornou-se uma “fé religiosa”, já que a seu ver, não existem formas de comprová-la na prática, e mesmo assim, as escolas públicas têm ensinado como uma verdade científica.
Kenneth Smith, o autor da ação, pleiteia que o Tribunal Distrital do estado de Virgínia Ocidental (EUA) declare a teoria como “inconstitucional”. Sua filha pretende estudar veterinária quando for à faculdade, e ele acredita que o ensino da evolução a impedirá de adquirir o conhecimento necessário para ingressar no Ensino Superior.
No teor da ação, Smith lista várias autoridades como réus e os acusa de ensinarem nas escolas a “ideologia evolucionista” como base de fé travestida de teoria científica.
Smith disse que já tentou “recursos administrativos exaustivos” para incentivar os réus a cessar as suas “violações”, citando seis exposições em anexo à sua queixa. Ele disse que os funcionários públicos também têm recusado seu “sistema matemático científico preciso de variações genéticas que prova que a evolução é uma religião”.
Ele também é o autor de um livro publicado em 2013, intitulado “The True Origin of Man” (“A Verdadeira Origem do Homem”, em tradução livre), onde supostamente ele apresenta “a verdade sobre a origem do homem com confirmações por DNA, equações matemáticas e fatos científicos”.

O livro, voltado para “um público cristão, bem como um público científico”, seria um verdadeiro achado: “Para a comunidade científica, apresenta algo que eles podem levar para o laboratório e testar por si mesmos”, argumenta Smith.Se você gostou deixa like e sua opinião sobre assunto nos comentário. T+ 

ONU REÚNE LÍDERES RELIGIOSOS

ONU reúne líderes religiosos para discutir desenvolvimento e preservação do meio-ambiente


A Organização das Nações Unidas (ONU) promoveu um encontro com líderes religiosos para debater formas de contribuição da sociedade para a construção de um modelo de desenvolvimento sustentável que seja amigável ao meio-ambiente.
Denominado “Fé no Futuro”, o evento reuniu 24 tradições religiosas, incluindo vertentes do cristianismo, além de representantes da própria ONU, do Banco Mundial, entidades ativistas do meio-ambiente como a Word Wildlife Fund (WWF) e The Nature Conservancy.
Representantes dos governos da França e da Alemanha também participaram do encontro de abertura na cidade de Bristol, na Inglaterra.
De acordo com a ONU, a presença das entidades religiosas se faz necessária porque as religiões, ao redor do mundo, formam o maior organismo da sociedade civil, e figuram, com seus diferentes trabalhos sociais, como as principais prestadoras de serviços de saúde, educação e assistência aos menos favorecidos.
Foi firmado um comprometimento entre os líderes religiosos pela promoção de ideais e ações práticas ligadas ao desenvolvimento sustentável nos próximos 10 anos. O documento, chamado Compromissos de Bristol, traçou metas que vão substituir os chamados Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Os termos desse novo documento serão adotados pelos Estados-membros da ONU na reunião da Cúpula de Desenvolvimento Sustentável, em Nova York (EUA).

domingo, 31 de janeiro de 2016

Papa pede perdão á protestantes

Papa pede perdão as protestantes por perseguição católica no passado
Ele também pediu aos católicos que perdoem aqueles que os perseguiram






O papa Francisco pediu perdão aos protestantes e membros de outras igrejas cristãs pela perseguição de católicos no passado, e o Vaticano anunciou que o pontífice vai visitar a Suécia este ano para marcar o 500º aniversário da Reforma.
Ao falar em cerimônia na Basílica de São Paulo, em Roma, com a participação de representantes de outras religiões, Francisco pediu "perdão pelo comportamento não evangélico de católicos perante os cristãos de outras igrejas". Ele também pediu aos católicos que perdoem aqueles que os perseguiram.

O Vaticano anunciou que Francisco irá em 31 de outubro para a cidade sueca de Lund, onde a Federação Luterana Mundial foi fundada em 1947, para participar de uma cerimônia em conjunto com luteranos para lançar as comemorações da Reforma que continuarão em todo o mundo no próximo ano.
O alemão Martinho Lutero é apontado como primeiro líder da Reforma Protestante, em 1517, ao ter escrito 95 teses -que ele teria pregado na porta de uma igreja de Wittenberg- criticando a Igreja Católica pela venda do perdão de pecados em troca de dinheiro.
A isso se seguiu uma violenta divisão, e às vezes política, em toda a Europa e dentro do Cristianismo, o que levou, entre outras coisas, à Guerra dos 30 anos, à destruição de mosteiros ingleses e à queima de vários "hereges" de ambos os lados.

Tradicionalistas católicos acusam Francisco de fazer demasiadas concessões aos luteranos, particularmente em uma "oração comum" que ambas as religiões vão usar durante as comemorações de 2017. Deixe sua opinião nos comentários.

No Vaticano protesto com os seios nus

Universo e Religião: No Vaticano protesto com os seios nus